terça-feira, 4 de setembro de 2012

Antonella Baby


Líder de fato e de direito

 A principal atração da corrida do último domingo no Hipódromo da Gávea foi o GP Carlos Telles e Carlos Gilberto da Rocha Faria, do Grupo II, em 2.000 metros, grama leve. Com campo reduzido, a carreira marcou o reaparecimento da potranca Antonella Baby, líder da turma, vindo de obter três vitórias consecutivas, mas enfrentando pela primeira vez os dois quilômetros. Na carreira, duas competidoras que vinham de abordar o percurso, Justhewayouare e Sutil, respectivamente, primeira e segunda colocadas em páreo comum. Após a partida, Henderson Fernandes fez questão da ponta com Sutil, que chegou a livrar boa vantagem. Percebendo que a adversária seguia muito fácil, Dalto Duarte foi logo colocando Antonella Baby na segunda posição. Na reta final, a defensora do Stud Santa Sofia da Gávea dominou a adversária, que mostrou valentia e manteve a dupla, perto da vencedora. Justhewayouare foi a terceira colocada, seguida de Rajagabaglia e Lady Lisette. A ganhadora, filha do japonês Agnes Gold, foi criada pelo Haras Santa da Rita da Serra. Venâncio Nahid apresentou a líder da nova geração, que assinalou o tempo de 123s82, com cerca móvel de 10 metros.

Arkansas San e Un Belini, em final empolgante

O destaque da programação do último sábado no turfe carioca foi o GP João José e José Carlos de Figueiredo, do Grupo III, em 1.600 metros, grama macia. A carreira teve um desenrolar empolgante e um final de tirar o fôlego. Após a partida Olympic Pantanal assumiu a liderança mantendo um train lento, o que fez Henderson Fernandes colocar o favorito Arkansas Sand logo na segunda colocação. O panorama não se modificou até os últimos 400 metros, quando Arkansas Sand ultrapassou o ponteiro. Naquele instante, Un Belini era o terceiro, encerrado. Os últimos 100 metros foram de arrepiar, uma vez que Un Belini encontrou passagem e partiu para cima de Arkansas Sand, que cruzou o disco com pequena vantagem. Netstream mostrando progressos, foi o terceiro colocado. O ganhador, de criação e propriedade do Haras Anderson, foi apresentado por Adélcio Menegolo e marcou o tempo de 95s59.

Frases que merecem ser lidas

Neste espaço matungo-cultural, mais uma frase que merece destaque:

“A mentira é muitas vezes tão involuntária como a respiração." (Machado de Assis)
Rapidinhas

* Corrida no feriado da próxima sexta-feira com muitas atrações. Simulcasting imperdível, com GP Ipiranga em Cidade Jardim e a participação de jóqueis do Rio. No domingo corridas apenas no Hipódromo da Gávea.

* Nesta quinta-feira o Protetora no Hipódromo do Cristal, carreira preparatória para o GP Bento Gonçalves. Mais cedo o leilão de potros do Haras Maluga. Dia de festa para os gaúchos.

* Início de temporada pegando fogo entre os jóqueis e ainda sem a presença do último campeão. Dalto, Gil, Lavor, Marcelo e Fernandes vencendo muitas corridas. Quem ganha é o público turfista, com páreos empolgantes.

* Muito interessante o site Disco Final, lançado há algumas semanas. Ótima ferramenta para o estudo das corridas de Gávea, Cidade Jardim, Cristal e Tarumã, além de muitas informações. Vou colocar o link aqui no blog.

* César Gustavo Netto, agora como treinador, terá reforçado o número de pensionistas, uma vez que passará a ser responsável pelos corredores do Stud São José dos Bastiões, da família Paiva, de Recife. Boa sorte ao Gugu.

* A partir deste mês de setembro, o blog do matungo passa a contar com o apoio de mais um proprietário de sucesso no turfe nacional. Vitorioso na Gávea e em Cidade Jardim, o Stud Marisa Star junta-se aos Studs West Point, Amigos da Barra e J.Lírio Aguiar. Meu muito obrigado pela confiança.

* No futebol as coisas continuam na mesma, claro. Melhor passar uma borracha na última rodada, quando o time de Dona Patrícia levou uma tunda do colorado. Até o Forlan, que estava empacado se deu bem.

O MATUNGÃO VIBROU

Estive consultando alguns jornais argentinos no último fim de semana e vibrei muito em confirmar que Jorge Ricardo continua a aumentar sua vantagem na liderança do ranking mundial. Até ontem, dia 3 de setembro, o maior ídolo sul-americano já havia colocado uma vantagem de 42 vitórias sobre Russel Baze, totalizando este ano um total de 325 primeiros lugares, contra 256 do canadense. Deste total foram 318 vitórias na Argentina, o que lhe garante a liderança absoluta na estatística (envolvendo os três principais hipódromos) e sete obtidas em suas vindas ao Hipódromo da Gávea. Já se tornou rotina ver Ricardinho como o primeiro do mundo e vencendo cada vez mais na terra onde o turfe é tratado como paixão e os turfistas sabem reverenciar seus ídolos maiores. É preciso vibrar cada vez mais com este fantástico Jorge Ricardo.

O MATUNGÃO JÁ SABIA

Na semana passada comentei sobre o fato de ter conhecido um jovem gaúcho cheio de sonhos, que chegou ao Rio com muita vontade de vencer e veio trabalhar na cocheira do Stud São Pedro da Aldeia. Afirmei que no último fim de semana ele conseguiria alcançar a milésima vitória na carreira (todo mundo já sabia que ia acontecer). E finalmente a conquista aconteceu, sem susto, através de Tartan Hall, montado por Jean Pierre. Emocionado, Júlio Cezar Sampaio recebeu uma linda homenagem do turfista Joemil de Souza, com uma enorme faixa comemorativa pelo feito. E até para a surpresa geral, surgiu na foto da vitória o ator Murilo Benício, o popular “Tufão” da novela Avenida Brasil, acompanhado do filho. Ainda mais sucesso é que desejo ao amigo e que eu possa ter o privilégio, como tive no último sábado, de narrar a vitória de número 2.000 deste excelente profissional...Chega!

As fotos que constam do blog são de autoria de Gerson Martins, Davi Oliveira e colhidas na internet.

2 comentários:

Iguacuano disse...

Ola, Marco Aurelio! Sempre tento postar comentarios em seu blog, mas nem sempre sou feliz, pois faco isso via BBerry e não funciona mt bem.
Bom, vamos ao que interessa, tem um site que atualiza diariamente essa disputa, se assim podemos chamar, entre o lider J Ricardo e o Baze. Se quiser te passo o endereco. Concordo com você sobre reverenciar o Ricardo, coisa que não fazemos como se deve. Acredite, que vejo pessoas reverenciando o Baze, que so ganha pareo de turma no pequeno hipodromo de G Gate e arredores; e não fazem o mesmo com o Ricardo, que ganha diversas provas de grupo na Argentina. Uma pena!
Parabens por mais essa otima resenha da semana.
Queria te pedir que mandasse um abraco para o meu pai, Sr. Manoel Monsores, que é seu fa, mas esta fazendo forfait das corridas por estar na luta contra um cancer de pulmao e de coluna.
Muita saude e paz.

TOPTURFE disse...

BOA TARDE MESTRE MARCO AURELIO.
gostaria que se tiver um tempo desse uma olhada no mais lindo blog de turfe nacional e internacional do brasil.
corridas da argentina,peru,australia,turquia,uruguai, entre outras.
o nome e
www.topturfe.blogspor.com.br